Projeto quer eliminar 1 bilhão de boletos bancários em papel em três anos

em

IDG!Now

São Paulo – Iniciativa da Febraban e CIP começa a funcionar a partir de outubro de 2009. Tivit venceu licitação de 77 milhões de reais.

O Brasil processa, hoje, mais de dois bilhões de boletos de cobrança em papel. O projeto DDA (débito direto automático) quer reduzir esse valor em 50% nos próximos três anos. A iniciativa, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e da CIP (Câmara Interbancária de Pagamentos), entra em operação em outubro de 2009.

A Tivit ficou com contrato de 77 milhões de reais para cuidar da hospedagem do sistema em seus data centers. O contrato, que tem duração de nove anos, prevê o processamento de 1,35 bilhões de cobranças. O valor do acordo pode crescer se a aumentar a quantidade de transações no sistema de pagamento neste período.

Além disso, a infra-estrutura do projeto vai contar com certificação digital (dependendo do banco), plataforma baixa da IBM, Java e sistema operacional Linux.

O DDA conta com envolvimento das 129 instituições que integram o sistema de compensação bancária. De acordo com a CIP, os bancos deverão integrar nove sistemas diferentes para que o projeto funcione.

Joaquim Kavakama, superintendente geral da CIP,  a iniciativa é desafiadora pelo prazo. “O tempo para implementação é curto”, disse. Ele destacou o apoio do Banco Central ao projeto. “O BC está empolgado com o DDA e vai nos cobrar para que ele esteja funcionando em 2009”, acrescentou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s